HOMEM ATEIA FOGO EM VEGETAÇÃO PARA ''LIMPAR" TERRENO, TENTA APAGAR CHAMAS, MAS MORRE AO CAIR EM CISTERNA EM MG

Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

Um homem de 57 anos morreu na tarde de segunda-feira (20) após cair em uma cisterna de 12 metros de profundidade em Lavras (MG). O caso aconteceu na região da Cachoeirinha, na zona rural do munic√≠pio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma testemunha relatou que ela e a v√≠tima teriam ateado fogo em um terreno com desn√≠vel na vegetação para "limpar" o local. As chamas, no entanto, sa√≠ram do controle.


Ao tentar apagar o fogo, as duas pessoas teriam se desequilibrado e a vítima acabou caindo dentro da cisterna. Dos 12 metros de profundidade, a cisterna tinha aproximadamente 3 metros cobertos por água.

Os militares encontraram o homem submerso na água, já sem vida. A perícia da Polícia Civil esteve no local para os trabalhos de praxe. O corpo dele foi encaminhado para o IML de Lavras.

Conforme os bombeiros, o propriet√°rio da √°rea rural informou que o local era emprestado para a v√≠tima para fins de colheita e tratamento de café.