CATAR E FIFA PROÍBEM VENDA DE BEBIDAS ALCÓOLICAS EM ESTÁDIOS NA COPA

Em setembro, a península árabe disse que permitiria que torcedores com ingressos comprassem cerveja alcoólica em partidas de futebol da Copa do Mundo

Torcedor segura copo de cerveja durante partida da Copa do Mundo, em 2018 21/06/2018REUTERS/Damir Sagol

Torcedor segura copo de cerveja durante partida da Copa do Mundo, em 2018 21/06/2018REUTERS/Damir Sagol

O Catar e a Fifa anunciaram, nesta sexta-feira (18), a proibição da venda de bebidas alcoólicas no entorno dos estádios da Copa do Mundo.

Segundo a entidade, a comercialização de bebidas alcoólicas será concentrada no Fifa Fan Festival, outros destinos de torcedores e locais licenciados.

Em setembro, o Catar disse que permitiria que torcedores com ingressos comprassem cerveja alcoólica em partidas de futebol da Copa do Mundo começando três horas antes do início do jogo e por uma hora após o apito final, mas não durante a partida.

A Copa do Mundo de 2022 no Catar vai de 20 de novembro a 20 de dezembro. O estado do Golfo é considerado muito conservador e regula rigidamente as vendas e o uso de álcool.

Leia abaixo o comunicado divulgado pela Fifa

"Após discussões entre as autoridades do país anfitrião e a FIFA, foi tomada a decisão de concentrar a venda de bebidas alcoólicas no FIFA Fan Festival, outros destinos de torcedores e locais licenciados, removendo os pontos de venda de cerveja dos perímetros do estádio da Copa do Mundo da FIFA 2022 no Catar.

Não há impacto na venda do Bud Zero, que permanecerá disponível em todos os estádios da Copa do Mundo do Catar. As autoridades do país anfitrião e a FIFA continuarão a garantir que os estádios e áreas adjacentes proporcionem uma experiência agradável, respeitosa e agradável para todos os torcedores.

Os organizadores do torneio agradecem a compreensão e o apoio contínuo da AB InBev ao nosso compromisso conjunto de atender a todos durante a Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022™?".