SERVIDORES DE MG VÃO RECEBER 13º SALÁRIO EM UMA PARCELA; SAIBA A DATA

Anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema nas redes sociais

Cidade Administrativa - Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

Cidade Administrativa - Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou na manhã desta segunda-feira (28) que os servidores públicos do Estado vão receber o 13º salário em uma única parcela. O pagamento será feito no dia 14 de dezembro.

São mais de 627 mil servidores e 52,5 mil pensionistas que receberão a gratificação natalina. O valor total da folha de pagamento do Estado chega a R$ 3,5 bilhões, sem encargos patronais, com base nos dados de outubro de 2022.

Nas redes sociais, o governador disse que "este é o segundo ano consecutivo com pagamento integral, após 6 anos de atrasos e parcelamentos". "Com trabalho e gestão de verdade sigo cumprindo a obrigação, que outros não fizeram", publicou. Em vídeo divulgado pelo governo, Zema disse que esse pagamento só é possível devido ao resultado de inúmeros esforços feitos nos quatro anos de mandato para equilibrar as contas do Estado. "É importante ressaltar que uma gestão responsável valoriza o funcionalismo público e garante a melhoria permanente da prestação dos serviços públicos aos 21 milhões de mineiros e mineiras", ressaltou.

Nos últimos dias, o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público no Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos-MG) chegou a cobrar do governador que o anúncio da data fosse feito o quanto antes, já que no ano passado Zema anunciou no dia 20 de outubro que o pagamento seria feito de forma integral e em parcela única no dia 15 de dezembro.

O presidente do sindicato, Geraldo Henrique, disse para a reportagem que até a sexta-feira (25) o governo não tinha informado nenhum detalhe, mesmo com a proximidade do último mês do ano. "Não anunciou e não tem conversado com os sindicatos. Existe essa dificuldade. Estamos esperando que eles anunciem ou que falem algo na imprensa. Já estamos chegando o mês de dezembro e o servidor está apreensivo. O que ele mais faz hoje é cobrar no sindicato a data do 13º, a gente cobra do governo e não tem retorno", disse ele na ocasião.

Nesse domingo (27), o governo do Estado resolveu fazer um "bolão" para divulgar a data da ação. Em um publicação no Instagram @governomg, a equipe de Zema fez um post sobre o "Bolão do 13º" perguntando aos internautas a data em que o pagamento do benefício ocorreria. Na publicação, inspirada em cores da seleção brasileira de futebol que disputa o Mundial do Catar, a conta oficial do governo de Minas lançou a pergunta: "Qual será a data de pagamento do 13º dos servidores do Estado de Minas Gerais? Comente seu palpite". Abaixo, a publicação informa que o anúncio do pagamento seria feito nesta segunda-feira, o que se confirmou.

13º na gestão Zema

Quando assumiu o governo em 2019, Zema precisou pagar a gratificação natalina do ano anterior, que não foi pago pela gestão de Fernando Pimentel (PT). Esse valor foi quitado, em parcelas, até outubro, enquanto o benefício relativo a 2019 terminou de ser pago em maio de 2020.

Já o 13º salário de 2020 foi pago em uma parcela de até R$ 2.000 em 23/12, antes do Natal. O restante foi pago em parcelas mensais do mesmo valor até que o montante fosse completamente quitado, em abril de 2021.

Ainda no ano passado, o Governo de Minas conseguiu regularizar a situação. O pagamento integral do benefício ocorreu, sem atraso, em 15 de dezembro. Até então, a última vez que o 13º havia sido quitado em dia foi em 2016.