EX-DELEGADO DE DIVINÓPOLIS É QUEIMADO VIVO EM SETE LAGOAS

Foto: Reprodução Redes Sociais

Foto: Reprodução Redes Sociais

Hudson Maldonado Gama, ex-delegado aposentado da Polícia Civil, foi queimado vivo dentro de sua casa em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, nessa quarta-feira (22). Gama, de 86 anos, trabalhou em Divinópolis no final dos anos 70 e início dos anos 80.

De acordo com a Polícia Militar, um suspeito, ainda não identificado, com idade entre 40 e 50 anos, invadiu a resid√™ncia e ateou fogo, utilizando gasolina para provocar o inc√™ndio. O criminoso chegou ao local em uma moto. As autoridades ainda investigam a motivação do crime.

Em nota, a Polícia Civil afirmou que apura o caso e que, ao tomar conhecimento dos fatos, "acionou equipe de policiais civis e da perícia oficial para deslocarem ao local, a fim de realizar os primeiros levantamentos e a coleta de vestígios para subsidiar a investigação. O corpo da vítima ser√° submetido ao exame de necropsia e a ocorr√™ncia encontra-se em andamento com a realização das dilig√™ncias necess√°rias".

Em entrevista à Itatiaia, a delegada Fernanda Mara de Assis, respons√°vel pela investigação do caso, informou que Hudson j√° era idoso e estava doente. Ele era acompanhado por uma cuidadora, que é testemunha do crime. "Ela (a cuidadora) disse que o homem entrou na casa segurando uma faca e pediu para ela ficar do lado de fora da casa. Depois, ela viu o fogo", relatou a delegada. A mulher teria sido abordada perto da porta da casa e logo saiu para a rua, não presenciando o crime.